Associação Assuense de Taekwondo
19/07/2021

 Taekwondo: Atualidade, realidade, adversidade, resistência superação em tempos de pandemia.

 

Hoje, se pudéssemos voltar no tempo jamais imaginaríamos de forma tão complexa as situações impactantes que estamos vivenciando. Situações causadas pela Covid-19. Essas que já vem demonstrando que não são pontuais, que na verdade são bem duradouras e contínuas, que vem devastando impiedosamente a humanidade, anunciando de forma silenciosa a sua presença e sua força destrutiva.

No primeiro ano, o vírus nos surpreendeu de forma enérgica.O fator surpresa com certeza nos deixou confusos assustados.Diversas foram as reações da humanidade, mas sempre com a presença do medo do terror causado por um inimigo invisível, desconhecido e mortal,que trouxe dor e sofrimento para nossas famílias e amigos. O ano de 2021 seria o ano de recomeço, ano de esperança,mas isso infelizmente não se tornou fato e sim uma ilusão, essa é a realidade.

Nós que fazemos acontecer a modalidade de fato,que estamos situados na base da pirâmide,falando em termos institucionais no papel de formadores de atletas,passamos por momentos difíceis e tivemos prejuízos incalculáveis na área esportiva, financeira social, Sabemos que existem políticas públicas voltadas para o esporte,porém não existia um plano estratégico para um momento como este pois jamais imaginaríamos passar por tamanha adversidade.

Em meio a tudo isso, como somos formadores de atletas e cidadãos tentamos no primeiro ano da pandemia sobreviver, resgatar alunos, atletas e ao mesmo tempo fazer a manutenção dos treinamentos com a mesma intensidade de antes mesmo sem saber a realidade de um futuro à curto ou à longo prazo, pois o cenário seria somente de “um novo normal”.

Em algumas regiões conseguimos até retornar, como foi o caso da nossa aqui no Nordeste, mesmo assim sem perspectivas de competição. Porém, a preocupação maior era como nosso bem maior: os atletas,que se encontravam mentalmente desgastados e psicologicamente fragilizados, pois a rotina de isolamento antes não fazia parte de suas vidas agitadas e intensas dos treinos e competições, assim muitos desistiram comprometendo principalmente a base de nossa modalidade.

Por outro lado, situações positivas foram possibilitadas. Conseguimos nos manter como treinadores, buscamos novas vertentes como por exemplo o Taekwondo Marcial e capacitações dentro do contexto da educação física, cursos, workshops, lives e aulas online. Com isso conseguimos também aprimorar os fundamentos do Taekwondo em conciliação à nossa nova rotina de treinos.

Aqui no Rio Grande do Norte realizamos três etapas de competições de Poomsae utilizando a metodologia virtual. Isso de certa forma nos manteve vivos e motivados. Nós treinadores temos como principal parâmetro de motivação os nossos resultados, nossos treinos e a evolução de nossos atletas em competições.Para técnicos, não existe premiação nem os devidos holofotes, no máximo sobe em um pódio quando sua equipe se destaca, essa é a realidade. Porém, como um grande mestre e campeão me disse uma vez “nosso maior prêmio é ver nossos atletas no pódio”. Isso significa resultado de nosso trabalho, além também dos méritos do próprio atleta.

Enfim agora chegou outra onda da pandemia, acredito que a mensagem que deixo não é tão só somente relacionado a treinamento, mas sim a superação, resistência, força e comprometimento de sempre com nossa modalidade. Esse comprometimento vai além de competições, nosso papel nesse momento é de suportar tudo isso, é de agir com serenidade,resiliência e acima de tudo com fé.Não podemos desmotivar, somos uma grande modalidade com diversidades metodologias em um país com dimensões continentais. Busque apoio, converse, troque informações, crie laços com outros treinadores, mestres, professores.Sabemos que meio a tudo isso, muitas academias fecharam, diversos projetos sócias e trabalhos desenvolvidos em escolas estão paralisados, mas nós estamos aqui vivos, como verdadeira base de tudo!Firmes e fortes para suportarmos tudo isso e voltarmos com força total para vivenciarmos novamente tudo de forma positiva como em outros anos! Lembre-se, as dificuldades sempre fizeram parte de nossa trajetória e juntos vamos superar tudo isso conduzindo nossa modalidade ao seu devido lugar.

Cuidem-se

 

Fábio Lourenço da Silva

Técnico da Seleção Juvenil de Taekwondo -BRA

Saudações Taekwondistas!

 

 

 

 

 

No Banner to display

...